<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d1683737356227611907\x26blogName\x3drulote\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://rulote.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://rulote.blogspot.com/\x26vt\x3d-1687760607276517664', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡ 11.1.10

«O melhor filme português de sempre que se vê logo que é português»

Penso que estamos todos de acordo que dás corda ao melhor blogue do mundo e que assim é que está bem. Está, aliás, tudo bem com o mundo. Quando digo «todos», refiro-me às pessoas que lêem blogues em húngaro e em basco e às pessoas que não lêem blogues nem em húngaro nem em basco. Trata-se, portanto, de um vasto e impressionante grupo de pessoas. Por outro lado, sendo eu o especialista mundial em tudo o que rodeia o filme «À flor do mar», e até do que se pode encontrar lá dentro, gostaria (se possível) que me enviasses um saco de castanhas, de cada vez que não resistisses à tentação de juntar, por esta ordem, as palavras: «À», «flor», «do», «mar», retirando brilho e exclusividade ao meu forte amor. Obrigado e desculpa lá o meu sitemeter.

0 Comments:

Enviar um comentário

<< Home