<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d1683737356227611907\x26blogName\x3drulote\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://rulote.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://rulote.blogspot.com/\x26vt\x3d-1687760607276517664', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡ 20.3.10

Persuasão

Nikolai Petróvitch (...) é de opinião que os mujiques devem ser «persuadidos», isto é, repetindo-lhes muitas vezes as mesmas palavras, levá-los à exaustão.
- «Pais e Filhos» de Ivan Turguéniev ou Turguénev (agora fiquei na dúvida).

Para além de outros méritos, este excerto funciona como um bom exemplo de um hipotético post que, aparecendo no Arrastão, teria um determinado sentido e, transferido para a Lei Seca, tomaria um tempero diferente. Mas aqui é também relevante que, talvez para surpresa de muitos, a frase de Turguéniev ou Turgénev - ainda não resolvi este problema - consiga viajar, sem sobressaltos de maior e mantendo incólume a sua força, do séc. XIX para a zona wireless do nosso ano 2010. O tempo não muda quase nada, nós é que vamos mudando de lugar.

0 Comments:

Enviar um comentário

<< Home