<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d1683737356227611907\x26blogName\x3drulote\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://rulote.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://rulote.blogspot.com/\x26vt\x3d-1687760607276517664', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡ 22.12.10

You Tuba Mirum

A princípio, parece que nada se vai passar. Um senhor ultra-competente, proprietário de uma armação ocular muito em voga nos anos 60 e que, hoje em dia, apenas os curadores de exposições de arte contemporânea insistem em comprar, começa por estender um tapete de notas graves, com a preciosa colaboração do trombone de serviço. Tudo bastante calmo e soturno até que, de súbito, surge o tenor. E, meus deus, com que impetuosidade. A partir daí, a melodia vai subindo oitavas devagar, só descansando bem lá nas alturas, quando tomada pela cantora soprano. Assistir à passagem de testemunho dessa linha melódica, de uma voz para outra, como na repetição em câmara lenta de uma corrida de 400 metros estafeta, é uma maravilha e um deslumbramento que nos ajuda a repor a confiança nos homens, nas mulheres e no banco central europeu. Bom natal.

0 Comments:

Enviar um comentário

<< Home