<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d1683737356227611907\x26blogName\x3drulote\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://rulote.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://rulote.blogspot.com/\x26vt\x3d-1687760607276517664', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

≡≡≡≡≡≡≡≡≡≡ 19.12.11

Se caíssem mais duas

Há aqui números que não batem certo mas o mais importante, neste pedaço maravilhoso de conversa, é o sentimento:

Finalmente fomos ao Jogos Olímpicos de Los Angeles em 1984 para a prova dos três mil metros, tinha de concorrer com as melhores do mundo. Queria conseguir ir à final e bater o recorde nacional mas a prova foi inesperada. Houve uma queda a meio da corrida e ficaram para trás três atletas incluindo algumas das favoritas, eu estava em sétima. Se caíssem mais duas ganhava uma medalha, mas acabei a prova na sexta posição com um tempo de 8'' 46' 37, era a quinta melhor marca do Mundo e foi fantástico.

- Aurora Cunha, em entrevista à revista Divinum.